domingo, 17 de janeiro de 2010

Gabarito Transposto

Meus amigos,

Segue o gabarito transposto de todas as provas:
Tivemos muito cuidado ao transpô-los, esperamos ter ajudado vocês.
A partir de fevereiro, o DOGMA estará em todo o Brasil. Acompanhe informações da Parceria DOGMA UNOPAR.
Att,

Alvaro de Azevedo:


Cad. BRANCO OCRE AZUL
01 D A C
02 A B D
03 B C A
04 C D B
05 D A C
06 B C A
07 D A C
08 C D B
09 A B D
10 B C A
11 B C A
12 A B D
13 D A C
14 A B D
15 D A C
16 B C A
17 C D B
18 B C A
19 A B D
20 D A C
21 C D B
22 A B D
23 D A C
24 B C A
25 D A C
26 C D B
27 A B D
28 C D B
29 A B D
30 D A C
31 A B D
32 C D B
33 B C A
34 D A C
35 B C A
36 C D B
37 D A C
38 A B D
39 C D B
40 A B D
41 C D C
42 D A C
43 D A C
44 B C A
45 C D B
46 B C A
47 C D B
48 B C A
49 D A C
50 C D B
51 D A C
52 B C A
53 C D B
54 A B D
55 D A C
56 C D B
57 D A C
58 B C A
59 A B D
60 C D B
61 A B D
62 C D B
63 B C A
64 A B D
65 A B D
66 B C A
67 C D B
68 D A C
69 B C A
70 C D B
71 D A C
72 B C A
73 A B D
74 B C A
75 B C A
76 D A C
77 D A C
78 A B D
79 D A C
80 C D B
81 C D B
82 A B D
83 A B D
84 A B D
85 D A C
86 A B D
87 B C A
88 B C A
89 B C A
90 C D B
91 C D B
92 A B D
93 D A C
94 D A C
95 A B D
96 B C A
97 A B D
98 C D B
99 B C A
100 A B D

14 comentários:

  1. Amigos, referente a questao 61 (azul)- a alternativa C tb nao estaria correta, fundamentada no art. 150 - III - "b"?

    ResponderExcluir
  2. 61 é D e ponto final nao posso perde nenhuma questao

    ResponderExcluir
  3. Olha galera, se for esse o gabarito mesmo eu passei!!!

    ResponderExcluir
  4. Marcelo

    A questão 93 deve ser revisada conforme art 5, LVI - mediante CF comentada de Alexandre de Moraes, sendo: De acordo com a CF...

    ResponderExcluir
  5. Complementando questão 93: Moraes, Alexandre de. Constituição do Brasil interpretada e legislação constitucional - 6 ed - São Paulo : Atlas, 2006. pag.386 "Em conclusão, as provas ilícitas, bem como todas aquelas delas derivadas, são constitucionalmente inadimissíveis, devendo, pois, ser desentranhadas do processo, não tendo, porém o condão de anulá-lo, permanecendo válida as demais(...)" Além de: cf. HC n 72.588/PB - Rel. Min. Maurício Corrêa, entre outros...
    Marcelo Antunez - Univap - turma 2009.

    ResponderExcluir
  6. É bom esse gabarito tá mesmo certo viu!
    Segundo ele fiz 67!!

    ResponderExcluir
  7. tomara q esteja pq fiz 58....coisa boa

    ResponderExcluir
  8. Caro Marcelo,

    O artigo 5º,LVI, da Constituição Federal traz a afirmativa de que "são inadmissíveis, no processo, as provas obtidas por meios ilícitos", de forma que não faz menção expressa à eventual vedação às provas derivadas das ilícitas. Por isso, em que pese o entendimento majoritário da jurisprudência e da doutrina sempre tenha sido o de interpretar o referido dispositivo constitucional nesse sentido, da forma como a questão foi formuladfa torna-se impossível considerar essa alternativa como correta.
    Ademais, na assertiva apontada como correta no gabarito extraoficial do CURSO DOGMA, não há nenhum erro ou sequer ambiguidade, sendo certo, portanto, que deve ser considerada a alternativa certa.

    Atenciosamente,


    Henrique Zelante.

    ResponderExcluir
  9. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  10. qual possibilidade seria de anulação de questões, rsssss

    ResponderExcluir
  11. 2 QUESTOES SERAO ANULADAS DE ACORDO COM ALGUNS CURSINHOS

    ResponderExcluir
  12. Caro Henrique Zelante,

    Existe no direito penal o princípio dos frutos da árvore envenenada, que dispõe que não pode se fazer prova decorrente de um ato ilícito. Se a árvore está envenenada, não tem como dar frutos. Do mesmo jeito ocorre no direito penal, se um ato é ilicito, não serve como meio de prova. um exemplo disso é a escuta da polícia sem autorização judicial, é uma prova ilícita e não é admitida.

    George.

    ResponderExcluir
  13. Prezado George,

    Embora exista no Direito Penal o princípio dos frutos da árvore envenenada, o qual é adotado em parte pela legislação brasileira, a assertiva que fala da disposição constitucional sobre a matéria certamente exige do candidato o conhecimento do texto da Constituição da República, de forma que a alternativa torna-se incorreta.

    Atenciosamente,

    Henrique Zelante
    Professor do Curso Dogma

    ResponderExcluir
  14. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir